À Beira da Extinção

Posted by Rune Tephix On 23:46 0 comentários


Início: fale com o TzHaar-Mej-Ak ou Mej-Jeh na praça central da cidade TzHaar.

Só membros? Sim.

Dificuldade: grão-mestre.

Duração: longa.

Missão necessária: Forno dos Anciãos.

Requisitos: nível 80 em Defesa, 80 em Metalurgia e 72 em Mineração.

Itens necessários: picareta rúnica ou superior (possível usar porta-ferramentas).

Recomendações: 6 espaços vazios no inventário, anel Tokkul-Zo, arma e armadura para os combates englobados durante a missão (além de alimentos e poções). Jogadores mais fortes podem optar por usar combate corpo a corpo em todas as lutas enquanto os mais fracos podem variar entre os estilos. Ainda assim, é necessário ter equipamentos para pelo menos dois estilos diferentes de combate.

Inimigos para Derrotar: vários inimigos poderosos.

Fale com o TzHaar-Mej-Ak ou com Mej-Jeh na praça principal da cidade TzHaar. Eles vão pedir sua ajuda em salvar a espécie TzHaar, transferindo memórias de campeões já mortos para Gaal, de modo a ressuscitá-los mesmo que por dor e sofrimento. Um deles lhe entregará um orbe e pedirá para você recuperar o Tokkul de três campeões TzHaar e também para você encontrar três Gaal vagando pela cidade. 

Encontrando os Tokkul

O tokkul do primeiro campeão - Mej Gek - encontra-se ao leste, nas piscinas de nascimento. Ao se aproximar, ocorrerá um breve corte de cena em que mais um nascimento dá errado e um Gaal surge, sendo enviado para morrer no Fosso. 

Vá para o norte da piscina e fale com Mej-Het para receber o Tokkul. O próximo Tokkul de memória encontra-se na entrada do Forno no nordeste da cidade. Para obtê-lo, é preciso minerar a estátua de Ket-Teg encontrada na área em questão. 

Você vai extrair cinco fragmentos, e será necessário juntá-los em um só usando-os no forno encontrado no canto sudeste da praça principal. Para o Tokkul de Xil-Kal, é preciso minerar a estátua do mesmo ao sul, próxima da saída da cidade para a superfície. 



Mais uma vez vários fragmentos serão obtidos, sendo necessário torná-los um só no forno próximo da praça central. Após reunir os três Tokkul de memória TzHaar será preciso encontrar os Gaal pela cidade. O primeiro encontra-se na parte noroeste, próximo da entrada para a biblioteca. 

O outro localiza-se próximo do Fosso de Combate, onde tem um ícone de Culinária no mapa. O último está a sudeste do segundo, ao sul da praça principal. Há mais Gaal pela área além desses, mas três são suficientes. Envie-os para a praça principal. Volte a falar com TzHaar-Mej-Jeh e ele dirá que está levando os Gaal até o Forno dos Anciãos; use o teleporte do anel Tokkul-Zo até o Forno e ao clicar na entrada selecione a opção de ir para o Forno da Luta. 

A revolta do Gaal


Uma vez lá, Mej-Jeh vai pedir para o TokHaar-Hok transformar os Gaal em TzHaar, porém ele explicará que o Tokkul de memória será perdido, como eles são fracos demais para suportar tal transformação. Dito isso, o Gaal-Xox aparecerá e matará o TzHaar-Mej-Ak, dizendo que não permitirá que mais Gaal sofram e em seguida fugirá com os Tokkul dos Campeões. Enfurecido, Jeh enviará você atrás do Gaal e assim você aparecerá fora do Forno. 

Ative a orbe de comunicação e selecione a primeira opção para mostrar que você deve ir para o sul e depois para o extremo leste. A entrada da caverna é mostrada no mapa mais acima deste guia e se situa na borda leste da cidade. Quando estiver próximo da caverna ative a orbe mais uma vez e então passe pela entrada da mesma. A partir de agora inicia-se o combate da missão, mas não se preocupe, após passar cada sala o progresso será salvo e você poderá reabastecer entre as câmaras. 

Há um banqueiro TzHaar do lado de fora da caverna, porém é preciso ativar a orbe para que ele apareça; não é possível entrar com familiares de evocação dentro da caverna. Toda essa parte da missão é segura, ou seja, você não perde seus itens ao morrer, apenas ressurge do lado de fora da caverna em segurança; assim sendo, ao avançar salas e se enfraquecer, você pode morrer propositalmente e então recarregar suas estatísticas e inventário no banqueiro para então retornar no ponto em que parou.

Primeira Sala

Após entrar na caverna o sistema de segurança começará a enviar monstros. Na primeira câmara aparecerão quatro Tz-Kih, fáceis de derrotar; use megassaraivada de gelo, se possível, para matá-los rapidamente e evitar que drenem parte de seus pontos de oração. Mais adiante na sala existem dois pedestais e uma maça, uma espada e uma faca obsidianas (um no chão e dois nas balanças). Simplesmente coloque a maça no pedestal oeste e a espada no pedestal leste para desbloquear o portão antigo.

Segunda Sala

Na segunda câmara há dois Tz-Kek fracos contra magia da água, seguidos por um Tz-Kih e um Tok-Xil. Mate-os sem dificuldades e leia na estante na outra extremidade da sala. Você descobrirá que a caverna é muito antiga e que está ligada diretamente com o Forno dos Anciãos. 

Para prosseguir, você precisa solucionar o enigma movendo as estátuas de modo que representem o triângulo de combate. Assim, o TzHaar-Ket fica de frente para o TzHaar-Xil, que enfrenta o TzHaar-Mej, que por sua vez enfrenta o TzHaar-Ket. As setas no chão formarão um pequeno triângulo e ficarão roxas quando tudo estiver correto.

Terceira Sala

Na terceira câmara há uma grande plataforma sobre a lava. É um mecanismo especial ligado ao Forno em ambas as extremidades. Ele filtra e purifica a lava antes de repassar para o Forno. Aleatoriamente algumas partes da plataforma começam a ficar alaranjadas e, depois de um curto período de tempo, passam a brilhar por alguns segundos.

Quando isso acontece, o jogador precisa sair correndo da plataforma alaranjada o mais rápido possível, pois quando brilham ocasionam danos pesados que podem até mesmo matar o jogador. Alguns TokHaar surgirão para proteger a lava sagrada, tendo você que derrotá-los evitando sempre as partes brilhantes da plataforma. 


Na primeira onda os inimigos usam corpo a corpo e são fracos contra feitiços da água; na segunda eles usam magia e combate à distância e são fracos contra setas e esmagamento, respectivamente. Finalmente, há um campeão sem fraquezas que ataca com corpo a corpo e drena a oração em seus golpes. 

Recursos de combate que atingem múltiplos alvos são úteis, entretanto evite usar recursos que perdurem por um longo período, como eles podem acabar te atrapalhando na fuga quando a plataforma se torna alaranjada. O campeão vai soltar um malho obsidiano, que pode ser usado para abrir a porta. Uma observação é que a utilização de Alma Partida é altamente recomendada, assim como de Tumulto ou Tormento.

As orações e maldições de proteção só devem ser usadas na falta da Alma Partida. Evite deixar o autoretaliar ligado, pois você pode acabar sendo atraído para uma parte da plataforma que esteja brilhando ao ser atacado. Como as fraquezas são realmente levadas em consideração na batalha, é recomendado usar um cajado com feitiços da água e um malho caótico para esmagamento, assim como uma espada de Saradomin ou um mangual de Verac. Procure andar com uma quantidade considerável de alimentos e, é claro, poções do devoto (da oração).

Quarta Sala

A quarta câmera contém quatro Tz-Kils que atacam com magia e são fracos contra setas. Mate-os e siga para o outro lado da sala, pegando as armas obsidianas do chão. Existem quatro pedestais, cada um com uma estátua atrás. Basicamente você precisa colocar em cada pedestal a arma utilizada pela estátua representada atrás dele. Assim, a maça obsidiana vai para o pedestal do nordeste, o anel de arremesso obsidiano no pedestal sudeste, o cajado obsidiano no pedestal sudoeste e a espada obsidiana no pedestal noroeste (a ordem pode ser diferente para cada jogador). Isso abrirá a porta.

Quinta Sala

A quinta câmera contém três Tz-Kih, seguidos por dois Tz-Kil e um MejKot que cura quando o jogador está dentro do seu alcance corpo a corpo. Se você estiver tendo dificuldades, prenda o MejKot no lado sul dos pedestais da sala, atacando os demais oponentes no lado norte. Você também pode bloqueá-lo na entrada sul. Uma vez que tiver derrotado todos os inimigos, clique nos pedestais da câmara para iniciar um quebra-cabeça. 

Você só precisa clicar nos quatro pedestais na ordem em que se acendem, sendo considerado um jogo de memória. Isso deve ser feito oito vezes, e a sequência sempre é a mesma por rodada; no entanto, na primeira rodada apenas um pedestal acende e deve ser tocado, já na segunda dois pedestais, na terceira três e assim por diante (até atingir oito toques). Em caso de erro será preciso fazer tudo de novo desde o início.

Sexta Sala

A sexta câmara possui uma plataforma de combate e é semelhante a terceira sala. Você vai precisar passar por quatro ondas, combatendo primeiramente quatro TokHaar-Hur, depois dois TokHaar-Xil, então dois TokHaar-Mej e, finalmente, dois TokHaar Campeões, sempre evitando as partes que brilharem na plataforma. 


Uma vez que o combate for finalizado pegue o malho obsidiano e coloque-o sobre o pedestal para abrir a porta. Tome cuidado, pois o chão brilhante cura o TokHaar. Mais uma vez recomenda-se usar Alma Partida caso esteja disponível; lembre-se também de usar uma armadura relativa ao estilo de combate que está usando, assim como armas para as duas mãos ao invés de um escudo.

Sétima Sala

A partir desta câmara não será mais possível utilizar a orbe de comunicação, impossibilitando a leitura das estantes e as dicas para resolução de enigmas. Você será atacado por três Tz-Kek ao entrar. Depois de derrotá-los pegue as armas próximas dos pedestais (além de uma tabuleta de pedra) e resolva o enigma. 

A sequência correta varia de jogador para jogador, no entanto é possível saber a arma certa para cada pedestal lendo os escritos dos mesmos e associando com as armas. A palavra "Xil" se relaciona com a espada obsidiana; "Mej" com o cajado obsidiano; "Ket" com o malho Obsidiano; "Ket" e "Hur" com a maça obsidiana; "Xil" e "Hur" com a faca obsidiana. Uma vez concluído o enigma, a porta se abrirá.

Oitava Sala

Nesta câmera há três Tz-Kil, seguidos por dois Tz-Kek e um Ket-Zek. Vá matando os Tz-Kil ao longo da parede noroeste de modo a evitar que o Ket-Zek surja em cima de você. Feito isso, mate os Tz-Kek atraindo os mesmos para trás da parede com magia, de modo a se expor o mínimo possível aos ataques do Ket-Zek. 

Você também pode usar antimagia e tentar fazer com que os Tz-Kek fiquem presos atrás do Ket-Zek, evitando assim seus ataques corpo a corpo. De todo modo, derrote os oponentes e siga em frente para encontrar um símbolo TzHaar alterado gigante no chão. Mova as peças de modo a formar um grande círculo, idêntico ao da imagem acima. Siga em frente para a batalha final.

Boss: TokHaar-Hok

Na última sala você finalmente vai encontrar o Gaal-Xox em uma plataforma com um par de válvulas e uma espécie de torneira gigante no formato de uma cabeça de um TokHaar. O Gaal revelará a causa dos problemas com os TzHaar, ocasionados pelo fato dos TokHaar terem desligado o fluxo de lava sagrada provida a partir do Forno dos Anciãos.

Isso fez a cidade TzHaar esfriar, impedindo que os ovos sejam chocados corretamente. Ajude o Gaal a girar as válvulas simultaneamente e reabra o fluxo de lava, que se derrama a partir da grande cabeça TokHaar para dentro do rio de lava abaixo. Neste ponto, o TokHaar-Hok aparece, demonstrando seu desapontamento com o Gaal-Xox e desafiando para uma batalha.

Dicas Importantes

O TokHaar atinge através da oração e também drena os pontos por ataque. Procure usar seu melhor equipamento de magia disponível, com a maior defesa contra combate à distância possível. Sempre deixe uma quantidade aceitável de adrenalina, mantendo um recurso de atordoamento pronto para ser usado a qualquer instante, como será essencial no momento em que aparecer uma mensagem dizendo que o TokHaar-Hok vai até a fonte de lava se curar. Fique sempre atento com as partes que brilharem na plataforma, como os danos da lava, do TokHaar e de seus ajudantes podem levar a morte quase que instantaneamente.

O TokHaar-Hok convoca diferentes ondas de inimigos na ordem: TokHaar-Tok-Xil, TokHaar-Mej, TokHaar-Xil, TokHaar Campeão, TokHaar-Ket e finalmente, TokHaar-Hur. Uma vez que a horda de oponentes é derrotada, o TokHaar-Hok não a convocará novamente; assim, é vital chegar na onda dos TokHaar-Ket após derrotar as quatro primeiras hordas. Isso pelo fato de que a onda de Ket e de Hur pode ser facilitada ativando antiatrito, que bloqueará parte dos danos de todos os oponentes, possibilitando se concentrar no TokHaar-Hok e nas plataformas brilhantes.

Estratégias de Combate

Os feitiços antigos (mega) saraivada de gelo são extremamente eficazes contra o TokHaar-Hok, sendo, sem dúvidas, as melhores opções para combatê-lo. Usando magia ative antimíssil durante a luta inteira, congelando o Tok-Hok e então correndo ao redor para evitar seus ataques corpo a corpo (enquanto antimíssil protegerá contra os ataques dos Tok-Xil); se não usar magia, ative antiatrito durante a batalha. 

O TokHaar-Hok só atacará usando corpo a corpo, podendo atingir até 8.000 pontos vitais de dano (ou 800 no Modo Legado), de modo que antiatrito é indispensável, a não ser que esteja usando feitiços antigos de gelo. Ative todas as orações ou maldições necessárias antes de falar com o Tok-Hok, como ele começa a atacar logo quando a conversa acaba. Familiares de evocação não são autorizados na batalha; recursos que exigem um escudo podem ser usados para ajudar na cura e na proteção, tais como debilitação, reflexo, ressonância e preparação. 

Partes da plataforma brilham em intervalos regulares, sendo útil ficar em um canto com acesso a quatro pisos diferentes da plataforma, andando apenas de um para o outro quando o brilho iniciar. O TokHaar-Hok tem a capacidade de se curar por total após atingir metade da vida; para isso, ele tenta chegar no fluxo de lava na parte norte da sala, sendo que quando isso acontece, o Gaal-Xox avisa para detê-lo. 

Se ele chega até a queda de lava, passa a curar praticamente 5.000 pontos vitais por segundo. Para impedi-lo de se curar é necessário usar um recurso de atordoamento (chute, pisada, bofetada, bofetada categórica, destruição, tiro amarrador, amarrações firmes, metralhar, impacto, impacto profundo, asfixia). Magias de gelo não impedem que ele se cure. Sempre use um dos recursos de atordoamento quando aparecer a mensagem "TokHaar-Hok agora é capaz de se curar" na caixa de diálogos. 

Use o outro recurso de atordoamento (como o de 50% de adrenalina) quando o tempo de espera do recurso faixa branca utilizado estiver pela metade; então, quando o tempo de espera do recurso faixa verde estiver na metade use o de faixa branca, e assim por diante. Assim como os outros combates, este também é seguro; caso esteja usando maldições antigas opte por ativar sanguessugas ou Tumulto e relacionados. 

O estilo de combate mais recomendado para a luta é magia, pois combate à distância é ineficaz contra o corpo a corpo de Tok-Hok e corpo a corpo é mais arriscado e difícil de lidar. Também é útil usar uma arma para as duas mãos, como um cajado, enquanto escudo deve ser a opção para quem está com mais dificuldade em sobreviver. Em pouco tempo, o Tok-Hok convoca um Tok-Xil, que ataca com combate à distância; se estiver usando magia, mate-o rapidamente como ele pode causar danos de 1.000 pontos vitais. 

Se o primeiro Tok-Xil ficar vivo por muito tempo, um outro será convocado para ajudar, podendo chegar a até quatro Tok-Xil dependendo do tempo que permanecerem vivos; caso esteja usando corpo a corpo, não mude a oração para antimíssil em hipótese alguma, como o Tok-Hok pode causar danos de 8.000 pontos vitais facilmente. Uma vez que os Tok-Xil forem mortos, serão convocados Ket Campeões que usam corpo a corpo; apenas ignore-os se usar oração antiatrito, mas cuidado com seus pontos de oração, como tanto eles como o Tok-Hok drenam os pontos por ataque.

Método de Magia

Use a melhor armadura que puder; ganodérmica é uma boa opção, enquanto cajado caótico é uma opção recomendada de arma, embora outras armas (como cajado da luz) também funcionam bem contra ele. Procure sempre usar antimíssil ou desvio de mísseis juntamente com sanguessuga de defesa ou angústia. Não se preocupe em derrotar os outros inimigos além de Tok-Hok, como isso é desnecessário. 

Lembre-se de trazer poções do devoto (da oração) e muitos alimentos de alta cura (corvinas). Como referência, um jogador com nível 90 de Magia com uma armadura ganodérmica necessita de aproximadamente sete corvinas usando magia antiga de gelo. Com vestes de encantador do mar, maldições antigas e megassaraivada de gelo, essa luta se torna muito fácil, exigindo apenas cerca de dois ou três tubarões.

Método de Corpo a Corpo

Com cerca de 80 em Força e em Ataque, um conjunto de armadura Dharok é recomendado; entretanto, isso exige um extremo cuidado, como os pontos vitais precisam estar relativamente baixos e os danos sofridos na luta podem ser pesados. Armas quitinosas tornam a luta simples, permitindo que o jogador derrote Tok-Hok sem gastar muitos alimentos. 

O conjunto Dharok começa a ser útil quando restarem cerca de 1.500 pontos vitais, sendo recomendado deixar alimentos preparados na barra de ação, oração antiatrito sempre ativada, poções de impulsos e atenção máxima nas partes brilhantes da plataforma; dessa forma, é possível causar até 7.000 de dano no Tok-Hok (com recurso agressão), tomando os devidos cuidados e sempre atordoando o mesmo quando a mensagem de cura aparecer. 

Com relação aos demais itens, o anel da força é bem útil, assim como a capa TokHaar ou a capa do fogo, juntamente com as luvas das Catacumbas. A aura reverência é muito útil para salvar pontos de oração, principalmente se usada desviar corpo a corpo e tumulto. Logo quando começar a batalha concentre-se em matar o Tok-Xil convocado; depois, mate o TokHaar mago convocado, usando uma balestra e setas se possível. 

Depois disso, ataque apenas o Tok-Hok, como os próximos TokHaar convocados usam corpo a corpo e podem ser ignorados (além de alguns Tok-Xil com baixa precisão). Sua prioridade, no entanto, é manter o TokHaar-Hok atordoado, usando sempre que possível recursos de atordoamento (alternando entre o de faixa branca e o de faixa verde na metade do tempo de recarga); também é importante manter-se sempre alerto nas partes da plataforma que se tornarem alaranjadas, escapando rapidamente sempre que necessário. Este método muitas vezes é mais rápido do que o de magia antiga de gelo.

Manual de Sobrevivência

Em primeiro lugar, sempre mantenha seus pontos vitais acima da metade, pois os inimigos nesta batalha podem lidar com danos preocupantes, de modo a ser necessário verificar sua saúde com frequência. Segundo, mantenha antiatrito ativo o tempo inteiro, a não ser que esteja usando magia antiga de gelo, como o TokHaar-Hok pode causar danos de até 8.000 pontos vitais em seus ataques.

Terceiro, configure o antiatrito nas opções de oração rápida, como pode acontecer de seus pontos de oração se acabarem e ser necessário reativar a mesma. Consequentemente, em quarto lugar, veja sempre seus pontos de oração, como o próprio Tok-Hok drena pontos em seus golpes. Em quinto, tome sempre cuidado com as partes da plataforma que brilharem, pois permanecer nelas causa um dano equivalente a 20% do máximo de seus pontos vitais por segundo. 

Em sexto, mantenha o TokHaar sempre atordoado enquanto causa danos nele, sendo que nesse momento a magia de gelo se prova superior aos outros métodos; ainda assim, ative constantemente os recursos de atordoamento, para evitar que o Tok-Hok se cure. Uma última observação é que, caso esteja tendo muitas dificuldades na batalha, deixe que o Tok-Hok te mate, pois a luta é segura e você vai aparecer do lado do banqueiro, podendo se preparar melhor e recomeçar a luta final entrando na caverna novamente.

Finalizando a missão

Depois de derrotar o TokHaar-Hok, fale com o Gaal-Xox mais uma vez e, em seguida, siga para a praça principal para se reunir com o TzHaar-Mej-Jeh. Então vá para o Forno da Luta e tenha uma breve conversa com o TokHaar-Hok, de modo que o Gaal-Xox se funde com as memórias de Mej-ak, se tornando um TzHaar honorário com a lava. Parabéns, missão completa.

Recompensas: 3 pontos de missão, 100.000 de experiência em Mineração, uma lâmpada que fornece 275.000 de experiência para uma habilidade de nível 80+ à sua escolha (pode ser em ataque, força, defesa, magia ou combate à distância), acesso ao Forno dos Anciãos com opção de teleporte do anel Tokkul-Zo, capacidade de forjar armadura obsidiana através dos fragmentos obsidianos soltos nas lutas do Forno dos Anciãos após a missão (bem como doar 15.000 Tokkul no cofre do Forno para aumentar temporariamente as estatísticas da armadura), título de TzHaar, capacidade de encontrar um Gaal vagando pelo mundo de Guilenor, dois vale-chaves.

Armas Nocivas - Introdução

Posted by Rune Tephix On 14:53 0 comentários

Com o lançamento do novo Boss aracnídeo Araxxor (que permite batalhas particulares ou em dupla) três novas armas de duas mãos para nível 90 foram lançadas. Todas elas são montadas com partes soltas pelo Boss, e são voltadas para o triângulo de combate. A arma corpo a corpo é nomeada Foice Nociva, a arma de combate à distância é nomeada de Arco Nocivo e a arma de magia de Cajado Nocivo. Apesar das peças principais das armas não serem negociáveis, tanto as patas de aranha como também as armas já montadas são negociáveis.

Arco Longo Nocivo

Pode ser montado através de uma Perna de aranha e a Teia de Araxxor, sendo ambas soltas de forma rara ao matar o boss Araxxor. É possível utilizar qualquer flecha como munição do arco em questão, incluindo as flechas negociáveis de Aracnita, que são sempre soltas ao derrotar Araxxor. O arco nocivo exige nível 90 de Combate à distância para ser equipado, possui um dano de 1.147 pontos e uma precisão de 2.458 pontos. Assim como as outras armas nocivas, possui um ataque especial que dura 10 segundos refletindo todo dano feito pelo oponente em 50 por cento.

Cajado Nocivo

Pode ser feito através da combinação de uma Perna de aranha com Olhos aracnitos, sendo ambos soltos de forma rara ao matar o boss Araxxor. Atualmente é a arma mais forte de magia encontrada no jogo fora de Kalaboss, sendo usada nas duas mãos. O cajado exige nível 90 de Magia para ser equipado, possui um dano de 1.147 pontos e uma precisão de 2.458 pontos. Assim como as outras armas nocivas, possui um ataque especial que dura 10 segundos refletindo todo dano feito pelo oponente em 50 por cento.

Foice Nociva

É uma arma feita através de uma Perna de aranha e das Presas aracnitas, sendo ambas soltas de forma rara ao matar o boss Araxxor (exigindo também 90 em Artesanato). Atualmente é a arma mais forte de combate corpo a corpo do jogo fora de Kalaboss, sendo usada nas duas mãos. A foice exige nível 90 em Ataque para ser equipada, possui um dano de 2.011 pontos e uma precisão de 2.458 pontos. Assim como as outras armas nocivas, possui um ataque especial que dura 10 segundos refletindo todo dano feito pelo oponente em 50 por cento.

Runescape Mouse Pointer