O Pico das Águias

Posted by Rune Tephix On 11:25 2 comentários

Início: fale com Charlie, um dos zeladores do zoológico de Ardonha, encontrado próximo da jaula central ao sul.

Só membros? Sim.

Dificuldade: fácil.

Duração: curta.

Requisitos: nível 27 em Caça e 25 em Agilidade.

Itens necessários: um corante amarelo, um piche do pântano, 50 moedas, 10 penas de águia gigante (obtidas durante a missão).

Inimigos para Derrotar: kebbit (nível 20).

Comece a missão falando com Charlie, o tratador do zoológico de Ardonha. Ele se encontra na parte sudoeste do zoo, ao sul da jaula com escorpiões. Fale sobre uma missão e ele vai pedir sua ajuda em localizar Nickolaus, que estava prestes a fazer uma entrega de furões e desapareceu. Aceite procurá-lo e teleporte para magnetita do Pico das Águias.

Você pode optar por usar o código de anel de fadas A-K-Q e depois seguir para o sul. Na parte norte do lado da montanha, você encontrará uma tenda, porém Nickolaus não estará lá. Inspecione os livros jogados no chão, próximos da barraca, e leia o livro sobre pássaros para obter uma pena de metal. Depois disso, siga para a montanha do pico das águias.

O caminho começa na parte sul da montanha, mas você pode subir pelo atalho de agilidade (necessário nível 25) localizado do lado da tenda vazia. Percorra até o topo da montanha, e no final da rota você observará uma porta fechada com um símbolo de pena nela. Use a pena de metal na porta e então entre na caverna. Você pode descartar o livro de pássaros caso queira.

A parte interna da montanha possui três túneis para outras áreas e uma grande porta de metal, acessada mais tarde. Primeiramente, vá até Nickolaus para desencadear um corte de cena; para isso, apenas seguir em direção a uma grande fenda dentro da caverna. Quando acabar, pegue 10 penas de águia gigante em um dos montinhos que há na caverna.

Clique em Nickolaus do outro lado da fenda e ele vai dizer para você conseguir dois disfarces de águia, tendo as penas, um piche do pântano e um corante amarelo. Você pode obter o piche pegando-o do chão no pântano de Lumbridge, enquanto o corante amarelo pode ser obtido levando duas cebolas e cinco moedas para Aggie, na vila Draynor.

Quando tiver todos os itens requeridos, vá para a loja de fantasias de Varrock, ao lado do banco menor (na parte leste da cidade), dentro de um cercado isolado com um segurança de roupas de praga. Fale com o dono da loja e pague 50 moedas para que sejam feitas duas capas e dois bicos de águia. Depois disso, volte para o pico das águias e fale novamente com Nickolaus.

Ele vai querer que você entregue a roupa para ele. Percorra o calabouço até chegar em uma grande porta de metal. Nela, você poderá observar uma marcação de águia, e é por esta porta que você chegará até Nickolaus. No entanto, para desbloqueá-la, serão necessárias três penas: uma de bronze, uma de prata e uma de ouro, obtidas nos três túneis da caverna.

A pena de bronze se encontra na passagem oeste da grande porta de metal, em uma sala com um pedestal de pedra. Tente pegar a pena de bronze sobre o pedestal para que uma armadilha de rede seja ativada e capture o pedestal. Com isso, você terá de encontrar um jeito de desativar a armadilha, como ela fez com que o pedestal permanecesse fora do alcance.

A simples resolução resume-se em operar todas as manivelas encontradas ao redor da sala. São exatamente quatro manivelas, uma em cada canto da sala. Quando você operar cada uma delas, a rede vai soltar o pedestal, e a pena de bronze poderá ser pega sem problemas. Depois que sair desta sala, siga as instruções abaixo para a pena de prata.

Entre no segundo túnel um pouco mais ao norte. Você se encontrará em uma sala espaçosa com um pedestal sem nada. Inspecione o pedestal para encontrar um rastro de pegadas. Siga o rastro até uma rocha próxima e vasculhe-a para que mais pegadas apareçam. Prossiga seguindo a trilha e vasculhando rochas próximas até ser levado a uma parede com uma abertura nela.

Clique no buraco da parede e um kebbit (de nível 20) atacará você. Mate-o sem dificuldades e pegue a pena de prata que ele soltará (você pode usar um anel do recuo contra o Kebbit). Saiba que se você não tiver nível 27 em caça, não será capaz de encontrar a trilha de pegadas, e nem de obter a pena de prata. Se a pena não for solta, apenas clique na abertura novamente.

Saia da sala e entre no túnel leste da câmara central da caverna. Você vai precisar passar por um longo corredor leste da entrada do pico. Uma vez lá dentro, será possível observar várias águias de pedra que bloqueiam o caminho até a pena dourada. Elas podem ser atraídas e movidas colocando ração de pássaro nos alimentadores da sala, enquanto portas podem ser abertas e fechadas através de alavancas localizadas na sala.

Pegue seis punhados de ração no recipiente (logo na entrada) e siga os seguintes passos acompanhando a imagem abaixo (há uma alavanca que reinicia o progresso do lado de fora da sala da pena dourada). Coloque a ração no tratador (T1) a sudoeste da entrada; puxe a alavanca (L1) a oeste do tratador. Puxe a alavanca (L2) a noroeste da entrada. Passe pelo portão leste (ao sul da entrada) e coloque ração no tratador (T3). Coloque ração no tratador (T4).

Puxe a alavanca (L3), no canto mais distante do sudeste. Volte para a alavanca (L2) e puxe-a novamente. Coloque ração no tratador (T5) que está no lado oposto da alavanca dois. Puxe a alavanca (L4) no canto noroeste. Coloque ração no tratador (T2) e depois no tratador (T1) para finalizar o enigma. Caminhe pelo corredor oeste e pegue a pena dourada.

Após coletar todas as três penas (de bronze, de prata e de ouro) use cada uma delas na grande porta de metal com símbolo da águia para que ela seja desbloqueada. Em seguida, caminhe até Nickolaus e entregue o disfarce de águia para ele. Você vai precisar passar por uma águia gigante para chegar em Nickolaus, para isso, vista sua fantasia completa de águia para não levar dano.

Depois de uma breve conversa, Nickolaus pedirá para você encontrá-lo em seu acampamento, na tenda próxima da montanha. Saia da caverna e volte para a barraca do início da missão. Fale com Nickolaus para desencadear um corte de cena onde ele te ensina a caçar furões. Então volte para o zoológico de Ardonha com o furão capturado e fale com Charlie para finalizar a missão. Parabéns.

Recompensas: 2 pontos de missão, 2.500 de experiência em Caça, acesso à caça de furões através de armadilhas de caixa, acesso ao sistema de transporte de águias, disfarce de águia, possibilidade de caçar coelhos usando um furão na toca deles (tendo a armadilha apropriada), 2 giros extras na roleta maluca.

Meu novo Website!

Posted by Rune Tephix On 20:37 0 comentários


Olá a todos os leitores, visitantes e fãs do Rune Tephix. Eu, Guilherme Brancallião, dono do site, venho até vocês para fazer um convite especial. Primeiramente, quero que saibam que eu possuo e administro dois sites: o RuneScape Tephix e o Dinossauros e Cia. Mas hoje, dia 26 de Janeiro de 2014, acabo de inaugurar um terceiro blog: Tyrannogui. É um website voltado para músicas e trilhas sonoras, baseado no meu canal do YouTube com o mesmo nome (que também é o meu nickname do RuneScape). Ficou muito bonito de se ver e garanto que ficarão surpresos, pois foi um dos meus mais belos trabalhos, até superando a aparência do Rune Tephix (que é a minha criação mais famosa e acessada).

Isso pelo fato de que as postagens permanecem apenas com uma base curta e introdutória na entrada, e também por haver uma "barra de apresentação" que direciona a certas postagens, com setinhas para mover a barra para o lado, mostrando mais postagens com fotos em miniatura. Outra diferença é a acessibilidade, por dois menus, um na barra mediana do site (com a mesma forma do Rune Tephix) e um outro no topo do site, que abre uma listinha com mais opções ao passar o mouse em cima. Enfim, ficou bem interessante de se ver e apesar do conteúdo ainda estar incompleto, o site em si já está em pleno funcionamento. Para maiores detalhes sobre o site e sobre como acessá-lo e tirar melhor proveito dele, assista o vídeo que fiz como "trailer", mais acima.


Espero que gostem e continuem colaborando através de elogios, feedbacks, considerações e apoio, para que eu continue com o meu trabalho não só neste site, mas também nos outros dois que possuo. Atenciosamente, Guilherme Brancallião.

Legado do Vidente

Posted by Rune Tephix On 23:21 3 comentários


Início: fale com o aventureiro mercenário próximo de Paterdomus.

Só membros? Sim.

Dificuldade: intermediária.

Duração: longa.

Missão necessária: as trevas do vale sagrado.

Requisitos: nível 20 em Construção, 29 em Agilidade, 31 em Extermínio, 35 em Mineração, 40 em Arte do fogo, 47 em Artesanato (pode-se usar impulsos temporários), 49 em Magia.

Itens necessários: uma lenha de teca para pira (ou superior), dois estilos de combate diferentes, feitiço de encantamento de esmeralda (pode ser de tabuleta), alimentos (tamboril ou superior), foice de prata (ab).

Inimigos para Derrotar: um vampiguarda (de qualquer nível), dois conspiradores (de nível 110 cada).

Comece a missão falando com o mercenário aventureiro, localizado próximo do templo de Paterdomus, a oeste de Canifis. Ele vai dizer que percebeu uma movimentação estranha fora do templo e vai lhe aconselhar a falar com Drezel. Com isso, siga para oeste e desça o alçapão para o mausoléu; uma vez lá, fale com o monge Drezel sobre o alerta.

Ele vai dizer que não viu nada, mas que encontrou uma entrada secreta para um columbário, dentro do templo. Vá para oeste de Drezel e passe pelo portão, você observará uma nova escada na parede norte do salão principal. Quando entrar no columbário, vasculhe a porta quebrada do armário, onde aparece um feixe de luz a cada poucos segundos, para encontrar um talismã do sangue que não pode ser pego.

 Saia do mausoléu pelo corredor do cão de guarda e entre no templo profanado. Suba as escadas do templo duas vezes, para chegar no último andar. Isso desencadeará um corte de cena, em que alguns indivíduos misteriosos fazem planos relacionados aos editais de Guthix. Apesar de escondido, você será visto e os membros conspiradores irão teleportar do templo.

Dois guardas, porém, ficarão na sala e te atacarão. Eles são de nível 110 cada e usam orações de proteção, por causa disso, você precisará de dois estilos de combate diferentes para contornar as orações, variando de acordo com a proteção que for usada por eles. Os guardas não são fortes e em um primeiro momento eles não usam oração, sendo possível matá-los rapidamente com um estilo de combate, caso sejas ágil o suficiente.

Ao derrotá-los, eles teleportarão. Assim, vasculhe a mesa grosseira próxima da lousa para encontrar uma página de livro e uma luva. Retorne para Drezel e conte as novidades para ele; em seguida, volte a falar com o aventureiro mercenário e ajude-o a chegar até Rottemburgo, servindo como guarda-costas de forma semelhante ao da missão socorro a Myreque.

Lembre-se de trazer uma arma de prata para combater vampiros e alimentos para o aventureiro. Em resumo, você terá de passar por três diferentes rotas, optando em cada uma delas pela dificuldade fácil, média ou difícil. O recomendado é selecionar fácil em todas, como não há recompensas adicionais pela dificuldade durante a missão.

Clicando sobre o caminho, o aventureiro é capaz de prever o que vem pela frente. Dessa forma, caso não tenhas trazido uma arma de prata, você pode ver o que tem em cada um dos caminhos para evitar confrontos com vampiros juvenis. Caso não se importe com isso, selecione a segunda opção para adentrar rapidamente na rota escolhida.

Quando chegar em Rottemburgo, você descobrirá que o aventureiro é na verdade Ivan Strom. Com isso, leve-o para base dos Myreque sob o bar em ruínas. Lá, fale com Veliaf, contando as novidades para ele e perguntando-lhe "o que fazer agora". Você terá que ir até a base dos Myreque de Sanguinéstia e falar com Safalaan. Leve a chave de atalho para chegar mais rapidamente na base, passando pelas portas com o símbolo da chave.

A primeira porta de atalho encontra-se na casa noroeste do velho Ral. Consulte o guia da missão anterior para maiores detalhes. Ao chegar na base dos Myreque de Sanguinéstia fale com Safalaan, voltando-se para Flaygian em seguida (encontrado na mesma sala). Ele vai pedir sua ajuda em descobrir uma arma com movimentos imprevisíveis, a fim de atingir e causar danos em vampiguardas.

Ainda na mesma sala fale com Andiess ou com Kael e será sugerido usar um mangual como arma. Os detalhes sobre o mangual podem ser vistos em um livro localizado na beliche do meio da parede norte da sala leste de Mekritus. Vasculhe-a para encontrar o livro e então leia-o com atenção. Procure a página que fala sobre o Mangual (aleatória para cada jogador) e entregue o livro para Flaygian.

Ele vai perguntar a página que trata do assunto relacionado ao mangual, responda-o corretamente para que ele leia o livro. Ele lhe fornecerá um martelo e dez pregos para construir uma escada improvisada. Saia da base e caminhe para a parte mais ao norte de Meiyerditch. Procure por uma casa com detritos na parte leste, ao norte do laboratório. A porta frontal estará trancada.

Para chegar mais rápido, você deve chamar atenção de algum vampiguarda ao caminhar pela cidade e então escolher a opção de ir para a mina. Quando coletar os minérios e sair de lá, você vai estar praticamente do lado da casa com os escombros. Entre na casa diretamente ao sul da que está trancada e use o martelo no poste central para fazer uma escada. Suba-a e pule para o teto da casa leste, depois siga para o norte e então pule para oeste, destruindo a parede danificada e entrando na casa com a fornalha.

Suba a escada para o último andar da casa e então clique na calha próxima do buraco para ver os escombros logo abaixo. Pegue um carvão mineral do barril e então desça para o andar térreo do edifício, escavando os detritos em seguida. Quando a fornalha estiver "livre", use o carvão mineral nela e depois a acenda. Retorne para base Myreque e fale com Flaygian.

Na mesma sala de Flaygian, pegue duas barras de prata e duas barras de mithril no barril da parede norte. Tome cuidado para não perdê-las, pois não vai ser possível recuperá-las. Também aproveite e pegue uma foice de prata abençoada na prateleira da parede sudoeste. Depois disso siga para a sala leste da escada da entrada da base e vasculhe os engradados até receber um molde da corrente do mangual. Você pode adicioná-lo no porta-ferramentas.

Retorne para fornalha e use uma das barras nela para forjar uma corrente pathril (com 47 em Metalurgia). Você pode fazer uma segunda corrente com as barras reservas caso queira um segundo mangual. Retorne para Flaygian e fale com ele, em seguida, use uma foice de prata abençoada nele e depois fale com Safalaan. Ele vai pedir para que você encontre-o no laboratório descoberto na missão anterior.

Pegue uma serra na parede oeste ainda na base e então siga para o laboratório, localizado a sudeste da fornalha. Lembre-se de que a entrada para o laboratório localiza-se no térreo, passando pela tapeçaria cortada. Ao entrar no laboratório ocorrerá um pequeno corte de cena onde Safalaan e os outros fingem estar mortos.

Vasculhe a porta sudoeste e você receberá a opção de usar uma serra nela. Faça isso para abrir uma passagem na parede e desencadear um corte de cena. Depois disso, caminhe ao longo do túnel passando por mãos rastejantes esqueléticas e demônios de sangue mutantes. Não se desvie do caminho principal e continue seguindo para noroeste até chegar em uma grande sala.

Entre na sala para um corte de cena com Safalaan. Depois, você terá que vasculhar as rochas da parte norte da caverna. Ao vasculhá-las você perceberá algo estranho; antes de prosseguir, procure no cadáver ao lado das rochas para obter runas para o encantamento de esmeralda. Em seguida, reporte o ocorrido para Safalaan.

Outro corte de cena acontecerá, em que vampiguardas surgem e atacam Safalaan e seus guarda-costas. Não é preciso atacar os vampiguardas, pois Safalaan usará seu poder e espantará os monstros. Em sequência, vocês retornarão para a base Myreque. Fale com Safalaan e ele lhe concederá todo material necessário para fazer o mangual da Ivandis.

Tome cuidado como não há reposição para os itens fornecidos por Safalaan. Use a esmeralda na foice de prata; em seguida, use o feitiço de encantamento de esmeralda (pode ser por tabuleta); depois disso, use a corrente ou a vara de Ivandis na foice de esmeralda encantada para completar o mangual. Fale novamente com Safalaan, e ele vai pedir para você testar o mangual em um vampiguarda.

Os vampiguardas que rodeiam a cidade de Sanguinéstia podem atingir até o nível 140 de combate; eles são relativamente fortes, porém possuem ataques imprecisos. Use oração e leve alimento caso ache necessário. Você precisa matar um vampiguarda dentro da cidade de Meiyerditch, pois caso mate-o em Rottemburgo não contará e não será solto o cadáver dele.

Mate qualquer vampiguarda na área em questão usando o mangual. Tenha paciência, pois pode demorar um pouco, como os golpes do mangual são imprevisíveis e podem causar poucos danos em seus ataques. Quando o vampiguarda morrer, ele soltará o cadáver. Pegue-o do chão e ele até Safalaan. Ele vai dizer para você levar o corpo do vampiguarda até Veliaf, em Rottemburgo.

Vá até a base Myreque no bar de Rottemburgo e conte as notícias para Veliaf. Pergunte o que fazer e Veliaf lhe dirá para mostrar o cadáver para Drezel, no templo de Paterdomus. Pegue uma lenha de teca para pira no banco e teleporte para magnetita de Canifis, seguindo para o mausoléu a oeste em seguida. Drezel vai dizer que o corpo deve ser cremado no columbário, dentro do templo.

Desça a escada na parede norte para entrar no columbário. Use a lenha em uma das piras funerárias, depois use o cadáver lá e então queime-o. Uma chave vai surgir na estante de pedra próxima da pira. Abra o armário quebrado (leste da escada) com feixe de luz usando a chave recebida, e você receberá um talismã do sangue. Drezel abençoará você. Suba as escadas e fale novamente com Drezel. Depois, volte para Rottemburgo e fale com Veliaf para terminar a missão. Parabéns. 

Recompensas: 2 pontos de missão, 3.000 de experiência em Magia, 2.000 em Agilidade, 4.000 em Artesanato, 2.000 em Mineração, 1.000 em Construção, 2.000 em Extermínio, tomo de 2.500 exp, mangual de Ivandis, talismã do sangue, acesso ao altar do sangue, acesso aos demônios de sangue mutantes, acesso ao columbiário e a cremação de vampiguardas, dois giros extras na Roleta Maluca.

Jornada do Autoconhecimento

Posted by Rune Tephix On 22:28 2 comentários

Início: fale com Auguste na ilha Entrana.

Só membros? Sim.

Dificuldade: intermediária.

Duração: curta.

Requisitos: 21 pontos de missão, nível 30 em Arte do fogo, 30 em Agricultura, 36 em Artesanato.

Itens necessários: pelo menos 10 lenhas comuns (no caso de falha você precisará de mais dez), 3 papiros, um novelo de lã, um saco com batatas, uma vela apagada, um corante amarelo, um corante vermelho, 8 sacos vazios, 10 sedas, uma tigela, 12 galhos de salgueiro.

Inimigos para Derrotar: nenhum.

Inicie a missão falando com Auguste, em Entrana. Para chegar na ilha, é preciso pegar um barco através dos monges no Porto Sarim. Não leve nenhum item de combate, pois não são permitidos na ilha. Se por algum acaso você trouxer, guarde-o na caixa de depósito próxima dos monges. Auguste está no lado oeste da ilha, ao norte da loja de herbologia.

Ele vai pedir 3 papiros, 10 sedas, um saco com batatas, um novelo de lã, 8 sacos vazios, uma vela, uma tigela, um corante vermelho e um amarelo. Os papiros podem ser comprados no armazém geral de Ardonha ou na loja de Ali Morrisane (em Al-Kharid), a vela pode ser furtada da mesa da igreja de Entrana ou comprada em Catherby.



O novelo de lã pode ser feito usando lã tosquiada de ovelha em uma roca. Para o saco de batatas apenas use dez batatas cruas em um saco vazio. Leve todos os itens para Auguste e ele pedirá sua ajuda em testar balões em miniatura. Com isso, você terá de usar o material para criar um balão de origami.

Use o papiro no novelo de lã para criar a estrutura do balão. Depois, apenas use a vela para obter o balão de origami. Não lance o balão, ou terás de fazer outro. Apenas fale com Auguste e ocorrerá um corte de cena. Depois, continue a conversa e ele irá pegar os papiros restantes e o saco de batatas de seu inventário, e um segundo corte de cena ocorrerá.

Após os testes, fale novamente com Auguste e ele pedirá certos itens para criar um balão de verdade. Ele lhe entregará um vaso com semente de salgueiro, porém você não precisa plantá-lo nem esperar que ele cresça, mas apenas comprar os doze galhos de salgueiro a partir do Mercado Geral. Se você optar por obtê-los por si só, saiba que para que o salgueiro cresça é necessário um tempo de 4 horas (quando estiver crescido, apenas use a podadeira sobre o salgueiro).

Para os sacos de areia, apenas compre oito sacos vazios e siga para Yanille ou para Entrana. Uma vez lá, procure pela caixa de areia e use cada um dos sacos nela. A tigela pode ser comprada a partir de qualquer armazém geral. As dez sedas podem ser compradas falando com o negociante de seda, localizado em Al-Kharid.

O corante amarelo pode ser feito levando para a bruxa Aggie em Draynor duas cebolas e cinco moedas. Enquanto o corante vermelho exige três vermelhoras e cinco moedas. Quando tiver todo material adequado, fale com Auguste. Em seguida, use um dos ramos de salgueiro na armação do balão para tecer a cesta. Ocorrerá um rápido corte de cena.

Para esta parte, colete dez ou vinte lenhas comuns (no caso de falha) e fale com Auguste se o seu peso não ultrapassar os 40 kg. A partir de agora, você terá de manejar o balão por três telas com obstáculos, sendo que você deve evitar esbarrar com pássaros, árvores, casas e nuvens, ou do contrário o balão cairá e terás de recomeçar a viagem em Entrana, com mais dez lenhas comuns.

Com relação ao painel de controle, o saco de areia faz com que o balão suba dois espaços para direita; a lenha, um espaço; o "relaxar" move o balão para direita, sem alterar a altura; a corda vermelha faz com que o balão desça dois espaços para direita; a corda marrom, um espaço; já a opção "descer" cancela o voo.

Para a primeira tela (mostrada acima), siga exatamente os seguintes passos: clique no saco de areia uma vez, clique na lenha uma vez, clique em "relaxar" 9 (nove) vezes, clique na corda vermelha uma vez, clique em "relaxar" 2 (duas) vezes, clique na corda marrom uma vez, clique em "relaxar" 5 (cinco) vezes.

Para a segunda tela (mostrada acima), siga exatamente os seguintes passos: clique na lenha uma vez, clique em "relaxar" uma vez, clique na lenha uma vez, clique em "relaxar" 10 (dez) vezes, clique na lenha uma vez, clique em "relaxar" 5 (cinco) vezes.

Para a terceira e última tela (mostrada acima), siga exatamente os seguintes passos: clique em "relaxar" 7 (sete) vezes, clique na corda vermelha uma vez, clique na corda marrom uma vez, clique em "relaxar" 3 (três) vezes, clique na lenha uma vez, clique em "relaxar" 4 (quatro) vezes, clique na corda marrom uma vez. Quando o balão pousar em segurança, fale com Auguste para terminar a missão.

Recompensas: 1 ponto de missão, 2.000 de experiência em Artesanato, 3.000 de experiência em Agricultura, 1.500 de experiência em Corte de lenha, 4.000 de experiência em Arte do fogo, chapéu e jaqueta do aviador (é possível unir um óculos de gnomo com o chapéu do aviador levando-o até Auguste), acesso ao sistema de transporte de balão, capacidade de criar balões de origami, 2 giros extras na Roleta Maluca.