Prifddinas - A Cidade dos Elfos

Posted by Rune Tephix On 17:33 1 comentários

Prifddinas é a maior cidade dos elfos em RuneScape e localiza-se ao norte de Isafdar, sendo a capital de Tirannwn. Foi fundada na primeira era, e só pode ser acessada após a missão "Fim da Praga", como antes a cidade inteira estava revertida em forma de semente de cristal devido a guerra civil élfica. A cidade é uma "Varrock avançada", pois além de disponibilizar meios superiores para treinos de habilidades, também proporciona acesso ao banco e ao mercado geral.

Como chegar

Prifddinas pode ser acessada por suas duas entradas principais, uma no lado sul e outra no leste, ligando Isafdar e Arandar respectivamente. Um método simples de visitar a cidade pela primeira vez é teleportando para a magnetita de Tirannwn e então seguindo para o noroeste, atravessando a armadilha no chão e prosseguindo para o norte até a entrada sul da cidade. Outra forma rápida é usar o teleporte do vexillium de um clã para chegar no portal de clãs na Torre das Vozes. Uma vez lá, é possível ativar a magnetita que leva para o centro de Prifddinas. A semente de teleporte de cristal tem a opção de levar para o centro da cidade.

Pontos da Cidade

A cidade é formada do cristal de Tarddiad, a terra natal dos elfos, e foi construída pelos oito clãs élficos com ajuda da deusa Seren quando chegaram em Guilenor na primeira era. Ela é dividida em oito seções com o mesmo tamanho, cada uma pertencente a um dos clãs élficos originais que ergueram a cidade. Cada clã está associado com duas diferentes habilidades, disponibilizando os melhores métodos de treiná-las no jogo. Atualmente, são nove os pontos da cidade que podem ser visitados: o centro (Torre das Vozes), o distrito Iorwerth, o distrito Cadarn, o distrito Trahaearn, o distrito Crwys, o distrito Amlodd, o distrito Ithell, o distrito Hefin e o distrito Meilyr. A seguir uma breve descrição das Características e pontos de Prifddinas, para maiores detalhes aprofundados, clique no link do qual interessar para ser redirecionado à página específica.

Torre das Vozes - o centro da cidade, que fornece acesso ao mercado geral, banco, portal de clãs, de casa, do porto e de Daemonheim. Também dá acesso a uma fogueira eterna, a uma estátua dourada, ao andar superior onde habita Seren, local importante para desbloquear novos títulos exclusivos.

Clã Iorwerth - é voltado para combate corpo a corpo e extermínio, em seu distrito há um novo mestre de extermínio superior a Kuradal, que possibilita um novo desafio chamado "galeria da fama" e uma distração e diversão semanal chamada "ímpeto de sangue".

Clã Cadarn - é voltado para magia e combate à distância. É no distrito deles que se localiza a famosa Guilda do Máximo, que possibilita acesso a vários estandartes que marcam seus níveis 99 quando alcançados. Também existem vários arqueiros e magos que podem ser confrontados em busca de itens e título.

Clã Trahaearn - é voltado para mineração e metalurgia. No seu distrito há um novo jeito de treinar mineração obtendo até 180.000 de experiência por hora; além de um novo modo de treinar metalurgia, sendo possível ganhar até 270.000 de experiência por hora sem gastar nada.

Clã Crwys - voltado para corte de lenha e agricultura. Disponibiliza árvores raras como teixo e mágica próximas de um banco, facilitando o treino da habilidade com certo lucro. Também disponibiliza alguns canteiros de agricultura, incluindo o exclusivo para o plantio de árvores anciãs.

Clã Ithell - voltado para artesanato e construção. Disponibiliza um novo método de treinar artesanato sem nenhum gasto, além de uma nova estátua divina e um local apropriado para a criação dos novos potes de cristal.

Clã Amlodd - voltado para evocação e divinação. Apresenta um método de treino de divinação envolvendo combate constante; um novo familiar de evocação de luz; um senhor sombrio de estimação e uma roupa de pensador ao completar o desafio dos pestinhas.

Clã Hefin - voltado para oração e agilidade. Possibilita o treino de agilidade de uma maneira mais tranquila para os mais calmos, e um novo curso cheio de obstáculos para os mais frenéticos; também apresenta um novo método de treino "ausente" de oração, com um rendimento de 280.000 de experiência por hora.

Clã Meilyr - voltado para dungeon e herbologia. Possibilita criar poções de combinação, juntando efeitos de diferentes poções em uma só; disponibiliza duas masmorras de recursos de Dungeon com diferentes surpresas dentro, além de recompensar todos que guardaram cuidadosamente as valiosas lascas de cristal.

Armas de Cristal - juntamente com a nova cidade, certos equipamentos de cristal para nível 70 foram lançados. Isso inclui: adaga, alabarda, cajado, varinha e orbe, chakram, defletor e protetor. Assim, englobam todos os estilos de combate, incluindo defesa em todos esses aspectos.

Ferramentas de Cristal - encontradas inicialmente em forma de semente mas transformadas pela cantoria élfica em: martelo, caixa de fogo, cinzel, faca, sinos e serra. Cada ferramenta fornece algum bônus específico e após certo tempo de utilização reverte-se para a forma de cristal.

Capas dos Clãs - cada um dos oito clãs élficos possuem sua capa respectiva, que além de fornecer bônus para o combate, também concedem uma ação exclusiva e um título especial. Também tem o símbolo de Seren, que é um amuleto montado através das partes espalhadas pelos clãs.

Pestinha de Cristal - exige nível 95 de caça para ser capturado, e aparece em áreas aleatórias da cidade. O mais interessante é que é possível saqueá-lo em busca de uma semente de árvore de cristal, de árvore anciã ou ainda de arma de cristal, entre outros objetos.

Mestre de Extermínio - Morvran é o nome dele, e "galeria da fama" é o nome de seu desafio especial. De modo geral, ele recompensa o jogador com 32 pontos de extermínio por tarefa completa, considerando um conjunto de cinquenta tarefas consecutivas.

Ímpeto de Sangue - é a nova distração e diversão voltada para combate e extermínio. Apresenta os níveis de dificuldade bronze, prata, ouro e platina. Basicamente é preciso sobreviver e passar por várias ondas de monstros durante um tempo de 10 minutos cronometrados.

Rochas Douradas - funcionam de modo semelhante às rochas estranhas, da distração e diversão coração estilhaçado. Porém, além das habilidades convencionais, as rochas são ganhas ao treinar magia, combate à distância, combate corpo a corpo, extermínio, divinação e dungeon.

Títulos Élficos - são desbloqueados de dois modos diferentes: uma parte ao desempenhar atividades comuns em Prifddinas, a outra realizando certos "códigos secretos" na cidade. Os títulos incluem "o senhor dos elfos", "o elfo do mal", "o mestre de extermínio" e ainda "o famoso".

Cristais de Memoriam - a localização dos dezesseis cristais de memoriam espalhados pela cidade de Prifddinas. Alguns deles estão mais escondidos do que parece, e a maior recompensa de encontrá-los até então é o conhecimento sobre os pensamentos de Seren e do início da cidade.

Resumo da História

Prifddinas foi construída na primeira era depois que os elfos foram trazidos para Guilenor através do Portal do Mundo por Seren e Guthix. Os oito clãs élficos levantaram a cidade por meio de um cristal concedido a eles por Seren, o moldando através do canto do cristal. Os clãs passaram a receber cada um seu distrito na cidade, e Seren passou a habitar na torre das vozes. Durante a primeira e segunda era os elfos viveram praticamente isolados do resto do mundo, porém alguns foram investigar as terras para o oeste após Zaros roubar o portal do mundo. Já na terceira era alguns elfos participaram na Guerra dos Deuses, defendendo a deusa Seren.

No final da terceira era, Seren foi obrigada a deixar Guilenor pelos Editais de Guthix, porém como ela não teve coragem de fazer isso, se quebrou em milhares de cristais para que seus seguidores sempre a tivesse com eles. Na quarta era a passagem de Arandar começou a ser construída, e muitos viajaram para o leste explorar as terras que agora fazem parte de Kandarin. Liderada pelo famoso rei Baxtorian e pelo clã dos Cadarn, a expedição ocasionou novos laços feito entre humanos, gnomos e elfos. Entretanto, com a partida dos Cadarn (arqueiros e magos), o clã Iorwerth (guerreiros) traiu os demais e passou a invadir e tentar dominar Prifddinas. Eles brutalmente massacraram os rivais até tomarem controle total da cidade.

Quando os Cadarn ficaram sabendo disso, Baxtorian lançou uma campanha para libertar a cidade de cristal das garras do senhor Iorwerth. Eles tentaram recuperar a cidade desesperadamente, ocasionando a morte de muitos guerrilheiros dos Cadarn, deixando apenas alguns sobreviventes na área de Isafdar (em Lletya), onde continuaram lutando como rebeldes. Em algum momento, porém, o conselho dos anciãos conseguiu reverter a cidade inteira e tudo que tinha nela em uma semente de cristal, obrigando o senhor Iorwerth a sair de lá e estabelecer-se em um acampamento próximo da cratera. Na quinta era, os elfos rebeldes liderados por Arianwyn começaram a receber o auxílio de um humano aventureiro, que trouxe grandes mudanças e perspectivas.

O mesmo aventureiro conseguiu restabelecer a defesa do Templo da Luz, que inibiu a ação da Guarda da Morte (dos Iorwerth). Ele também descobriu uma passagem que estava desmoronada e levava diretamente para o subterrâneo de Prifddinas. No primeiro ano da sexta era o corredor da luz foi desobstruído e o aventureiro passou a investigar sobre os planos do senhor Iorwerth. No decorrer da investigação o aventureiro descobre que a Guarda da Morte planeja realizar um massacre em massa como um ritual para o Senhor Sombrio, de modo a reerguer Prifddinas com o poder do mesmo, sob a posse dos Iorwerth. Para evitar isso, os rebeldes conseguem executar uma revolução e derrubar o rei Lathas e a guarda da morte em Ardonha, também conseguem localizar e recuperar os anciãos líderes dos outros sete clãs élficos de Prifddinas.

Ao fazer isso, todos juntos começam uma cerimônia dentro da Grande Biblioteca no subterrâneo de Prifddinas direcionando o poder dos selos de cada clã para o coração da cidade élfica. Mas, enquanto o aventureiro refletia a energia por meio de espelhos até o cristal, o Senhor Sombrio aparece e faz de tudo para pará-los, por meio do combate, revelando ser também um fragmento de Seren obcecado pela morte, que havia sido convocado de forma enfraquecida devido a ativação dos selos e da morte do rei Lathas e dos combatentes acima do solo. A restauração da cidade enfraqueceu o Senhor Sombrio a cada passo do ritual e então o mesmo convocou o senhor Iorwerth, matando-o para extrair sua energia da morte. No entanto, o aventureiro resistiu a seus ataques e conseguiu finalizar o ritual, destruindo o Senhor Sombrio de uma vez por todas e possibilitando a restauração de Prifddinas, agora aberta para humanos, elfos e gnomos.

1 Response for the "Prifddinas - A Cidade dos Elfos"

Postar um comentário