Draynor

Posted by Rune Tephix On 22:04 2 comentários

A área de Draynor engloba desde o Solar até a Vila. Começaremos o guia pelo Solar, conhecido como a casa mal assombrada do Runescape! Nela se encontram muitos artifícios usados em certas missões ou em tarefas de extermínio. Na entrada, Verônica está a procura de seu marido, tendo início a missão: Que peninha do Ernesto!

Ao redor do Solar

O canteiro é trivial, com árvores mortas e até algumas morta-vivas (só podem ser atacadas com machado obtido na missão Magnetismo animal) que podem causar danos de até 33, além de vinhas invisíveis que causam danos de até 20 pontos de vida! Atravessando o canteiro à oeste, há uma fonte que faz parte da missão "Que peninha do Ernesto".

Norte da fonte, encontra-se um canteiro para o plantio de Beladona (membros), alguns repolhos especiais, que aumentam nível de defesa e ainda outro local para plantio, só que de nabos malignos (membros). Também pode-se observar um monte de adubo da missão do Ernesto. Norte da mansão, uma lápide e uma forca se encontram, e o se o jogador observar a forca por certo tempo, verá o corpo do fantasma Guy aparecer em desaparecer em questões de segundos.

A mansão do Solar

Quando entrar na porta principal, não dará para sair internamente pela mesma. Na sala de entrada há uma escada e atrás dela uma sala trancada com um esqueleto nível 22 e um tubo de borracha, o local é aberto durante a missão de Ernesto. Enquanto o jogador explora a mansão, cadeiras podem seguir, são inofensivas.

Há também alguns retratos onde os olhos das pessoas pintadas seguem sua personagem em olhares discretos. Continuando por corredores, você chegará na sala de jantar, onde armaduras viram a cabeça para a direção onde sua personagem está! Por fim, chega à sala com a porta de saída da mansão!

No andar térreo também há cozinha e a sul veneno usado na missão de Ernesto. Na sala dos retratos, há um candeeiro, que se puxado libera uma passagem ao quarto de Ava, que para membros, é onde inicia a missão "Magnetismo animal". No quarto também há um alçapão para masmorra da missão do Ernesto.

Sul da sala de jantar, uma escada leva ao andar subterrâneo onde são encontradas velas no chão (caso o jogador vá acima das mesmas, começará a gritar palavras estranhas e receberá danos) um caixão e uma cela de prisão, com uma rachadura inacessível que leva para o lado de fora da mansão de Draynor.

Andares superiores

Subindo as escadas você irá para o primeiro andar, basicamente destruído e cheio de fantasmas, além de um Design assustador! Em uma das salas também pode-se obter comida para peixes, usada na missão "Que peninha do Ernesto", próximo a escada principal, tem outra de madeira que leva ao segundo andar.

Neste andar, encontra-se o professor Oddenstein em uma sala junto ao portal interdimensional, que leva ao território das Descargas Eletrizantes (um monstro de extermínio). Na sala sul do segundo andar, também pode-se obter o apito da missão "O Santo Graal".

A vila Draynor

É uma aldeia entre Faladore e Lumbridge, e atrai muitos usuários gratuitos por ter várias árvores de salgueiro bastante usadas durante o avanço da habilidade Corte de lenha. Apesar de pequena, a Vila Draynor tem um papel importante em certas missões do Runescape.

Um pouco de História

Durante a Guerra de Moritânia de 1100 a 1200, o vampiro nobre Conde Draynor da casa de Drakan foi banido de Moritânia por seu irmão Senhor Lowerniel Vergidiyad Drakan. Enfraquecido por sua separação do povo de Moritânia, Draynor foi forçado a fugir para escapar do desenvolvimento rápido de Misthalin Oriental.

Ele finalmente conseguiu chegar à área onde hoje é a Vila Draynor, junto com seu servo vampiro conhecido como Ruantun. Draynor fixou sua residência em uma grande mansão ao norte da vila moderna, que ele apropriadamente chamou de Solar de Draynor, enquanto Ruantun permaneceu no esgoto da Vila Draynor.

A Vila Draynor teve sua economia feita à base de agricultura e como escudos teve Varrock, que governa a Vila e a Torre dos Magos, que teve parte destruída por magos Zamorakianos. Atualmente os únicos ataques a vila são de Conde Draynor, que morre durante a missão "Exterminador de Vampiros".

Mercado de Draynor

São várias barracas e negociantes na área, como Diango, que negocia itens como prato giratório, pipa e cavalos de brinquedo, e também oferece itens de feriados, caso os perca, e ainda código de resgate usado para quem participou do Rune Fest. Olívia comercializa sementes, as barracas podem ser furtadas com habilidade Roubo.

Fortunato vende bebidas e vinagre usado na missão "Quanto osso duro de roer". Martin, o jardineiro mestre tem participação na missão Conto de Fadas, e pode-se obter sementes furtando-o. Nas barracas pode-se obter jarro de água e uvas, usando um com o outro dá para obter 200exp em culinária, treinando assim roubo e culinária.

Locais importantes

O esgoto de Draynor pode ser acessado no alçapão próximo a prisão de Lady Keli ou noroeste da casa da bruxa Aggie. O local é cheio de zumbis e esqueletos, e há uma bigorna e fogueira, lar de Ruantun. Na casa de Morgan inicia-se a missão Exterminador de Vampiros, está localizada próximo ao cercado de trigos.

Também tem a casa de Ned, que tem papel em missões e diário de conquistas, sul da casa de Morgan. A bruxa Aggie também mora próxima a Ned, e através dela pode-se obter corantes. A norte de Draynor, há uma casa com forno e rodas de cerâmica, bom lugar para os artesãos.

O sábio Ancião mora frente ao banco de Draynor (famoso por jogadores que depositam lenhas de salgueiro encontrados próximos ao banco) e passa tarefas atribuindo recompensas a quem completá-las. Outro ponto de Draynor é a prisão de Lady Keli, com guardas e papel importante na missão "Resgate ao Príncipe Ali". Também há um pequeno obelisco sul de Draynor para membros.

Veja Também

Categories:

2 Response for the "Draynor"

Postar um comentário