Maldição de Zaros (história)

Posted by Rune Tephix On 18:48 4 comentários

Na segunda era, Valdez, um explorador Saradominista, encontrou em um templo abandonado um cajado do deus Armadyl. Sabendo do poder que havia naquele artefato, o enrolou e foi levar ao seu mestre, Saradomin. No caminho, um ladrão chamado Rennard golpeou Valdez e roubou o cajado, em seguida, foi até um bar tentar negociá-lo, não tendo em mente o poder que havia no cajado.

Rennard encontrou Kharrim no bar, que resolveu ajudá-lo na venda do artefato caso recebesse uma boa comissão em troca. Na época, Kharrim sabia que o cajado iria interessar ao grande deus Zaros, que era o mais poderoso conhecido, podendo até mesmo ser mais forte que Guthix, e que tinha um grande império espalhado por Guilenor. Com o cajado, Zaros dominaria tudo.

Então Kharrim falou com um mensageiro do maior general de Zaros, que era o mortal Zamorak, um Mahjarrat poderoso e temido, e vendeu ao mesmo. Uma espiã saradominista chamada Lennissa estava no meio do exército de Zaros, e quando soube da venda do cajado, correu avisar seu superior Dhalak, pois ela não poderia falar isso diretamente com Saradomin, pois um mahjarrat Lucien sempre ficava de olho nela, e sabendo que ela era uma espiã, a mataria.

Lennissa pediu para Dhalak falar com Saradomin, que iria contatar Armadyl não permitindo que o cajado caísse em mãos erradas. Porém, Dhalak achou melhor ajudar Zamorak, pois sabia que ele queria trair o grande líder Zaros, e com o cajado, seria possível derrotá-lo, e isso seria bom para Saradomin, já que Zaros era o principal rival do mesmo. Com isso em mente, Dhalak jogou um feitiço no cajado, para que Zaros não sentisse o poder que lá estava.

Em sua tenda, general Zamorak se uniu com seus capangas confiáveis, como o guerreiro Viggora, o mahjarrat Hazeel, Zemouregal, o vampiro Lorde Drakan, entre outros. Lucien não pôde participar por estar ocupado com suas magias. Eles com o cajado em mãos planejaram um ataque direto contra Zaros em seu próprio castelo. Ao se aproximar, Zaros não sentiu o cajado por causa do feitiço.

No dia da traição, o exército que Zamorak reunido distraiu os guardas de Zaros, e então, Zamorak foi lutar diretamente contra o Senhor Vazio. Na luta, Zamorak apunhalou Zaros com o cajado pelas costas, mas isso só enfureceu mais ainda o deus poderoso, que golpeava Zamorak, deixando as chances que ele obtesse a vitória cada vez mais longe.

Porém, enquanto enforcava Zamorak para dar o golpe final, por sorte ou azar, Zaros perdeu o equilíbrio e caiu de costas, fazendo o cajado penetrar por seu corpo ainda mais e atingir Zamorak também, assim, o poder de Zaros passou para Zamorak através do cajado, e o mortal Zamorak sentiu o gosto de ser uma divindade. Antes de desintegrar do mundo de Guilenor por total, Zaros lançou uma maldição em todos que fizeram parte dessa traição, e ao mesmo tempo, Viggora começou a desintegrar também.

Assim, Valdez, Rennard, Kharrim, Lennissa, Dhalak e Viggora permaneceram como almas no mundo das sombras para sempre, sofrendo sem ninguém ao seu redor. Zamorak foi banido pelos outros deuses após derrotar Zaros, mas voltou ainda mais poderoso na terceira era, iniciando a Guerra dos Deuses. Junto com Saradomin, Zamorak destruiu tudo que restava de Zaros, desde altares até o próprio exército. E recompensou aos que participaram dando parte do território de Zaros aos mesmos (Lorde Drakan por exemplo, recebeu parte de Moritânia).

Agora, só resta aos amaldiçoados a lamentarem (Dhalak se arrependeu, pois Saradomin perdeu Zaros como inimigo, mas ganhou Zamorak como novo inimigo) por seus erros, e aos poucos fieis e seguidores de Zaros a esperarem o seu grande Senhor Vazio retornar, ou pelo menos, iniciar um novo contato. A saga de Zaros: missão Sítio de escavações, Tesouro do deserto, Templo em Senntisten como principais e mini missão do conjunto fantasmagórico. Talvez futuramente seja lançada a continuação da saga zarosiana.

VEJA TAMBÉM:

- Roupa fantasmagórica
- Tesouro do Deserto
- Zaros o Senhor Vazio
- Zamorak o Deus do caos

Categories:

4 Response for the "Maldição de Zaros (história)"

Postar um comentário